Doroteias Covilhã

VI Carta às Famílias

Prezadas famílias e encarregados/as de educação
dos utentes da valência Pré-escolar e ATL,

Desejamos que tudo vos esteja a correr bem!

Vimos à vossa presença para dar conhecimento de algumas normas que estão a ser implementadas, sendo suscetíveis de alteração/melhoramento se necessário.

INFORMAÇÕES PARA TODAS AS VALÊNCIAS

No hall de entrada da nossa instituição existem marcações no chão, onde todos os pais terão de aguardar até poderem entrar na nossa portaria.

Os pais terão de usar máscara.

Na portaria, haverá gel de base alcoólica para as mãos, será medida a temperatura da criança e feita a desinfeção da sola dos seus sapatos. De seguida a criança é entregue à auxiliar designada à receção enquanto a mochila também é desinfetada.

 » Continuar a ler: VI Carta às Famílias  »

V Carta às Famílias

Prezadas famílias e encarregados/as de educação dos utentes da valência Creche,

Desejamos que tudo vos esteja a correr bem!

Vimos à vossa presença para dar conhecimento de algumas normas que estão a ser implementadas pelo menos para a última quinzena de maio, sendo suscetível de alteração/melhoramento no mês de junho.

No hall de entrada da nossa instituição existem marcações no chão, onde os pais terão de aguardar até poderem entrar na nossa portaria. Os pais terão de usar máscara.

Na portaria, haverá gel de base alcoólica para as mãos, será medida a temperatura da criança e feita a desinfeção da sola dos seus sapatos. De seguida a criança é entregue à auxiliar designada à receção enquanto a mochila também é desinfetada.

 » Continuar a ler: V Carta às Famílias  »

IV Carta às Famílias

Prezadas famílias e encarregados/as de educação,

Desejamos que tudo vos esteja a correr bem!

Continuamos à espera de orientações gerais do Estado e da Direção Geral de Saúde, para vermos para onde caminhamos!…

Entretanto, vamos estudando a realidade económica da Instituição com o Governo da Província Portuguesa das Irmãs Doroteias e as sugestões da CNIS, dentro da lei e compromissos assumidos pela Segurança Social.

Nesta linha, as famílias, este mês de maio, pagarão 25% da mensalidade, tendo em conta a fragilidade económica de alguns grupos e em atenção ao pagamento integral do mês de março. Se alguma família puder pagar um pouco mais agradecemos.

Continuamos ligados em rede no que pode ser ajuda a todos, desejando muito encontrarmo-nos dentro da prudência que a situação exige.

 » Continuar a ler: IV Carta às Famílias  »

III Carta às Famílias

Prezadas famílias e encarregados/as de educação,

Esperamos que todos estejam em segurança, com paz e fé em Deus.

Conforme prometido na última carta que vos enviámos vimos dar notícias sobre dois pontos essenciais:

1. Mensalidades

Ontem, houve reunião com a nossa tutela, Província Portuguesa das Irmãs de Santa Doroteia, e foram discutidas algumas medidas sobre as mensalidades de todas as nossas instituições de ensino.

Assim, este mês de Abril iremos debitar 50% da mensalidade a fim de nos permitir continuar a salvaguardar os postos de trabalho da equipa educativa e a sustentabilidade económica desta instituição que, como todas as IPSS, depende em muito dos nossos utentes.

Iremos enviar por email o valor a pagar de cada família e o nosso IBAN para transferência.

 » Continuar a ler: III Carta às Famílias  »

II Carta às Famílias

Prezadas famílias e encarregados/as de educação,

Uma vez mais vimos à vossa presença com fé e esperança de que breve estaremos novamente todos juntos.

Seremos sucintas nos esclarecimentos que vamos dar e que têm sido abordados por variadas famílias por email e telefone:

  • Inscrições para a primeira quinzena de agosto de 2020

Ficou decidido que, por motivo de o mês de março ter sido atípico, não houve tempo para as inscrições dos vossos educandos. E também pensando que alguns de vós podem ter tirado férias nesta altura anómala do país, irá ser prorrogado o prazo de inscrição por, pelo menos, mais uma semana, após a nossa reabertura.

Assim todos terão tempo de inscrever ou alterar a decisão já tomada.

 » Continuar a ler: II Carta às Famílias  »